Olá, garotas. ♥

A gravidez é realmente uma fase muito complicada para as futuras mamães. São muitas as dúvidas, os medos e poucas as pessoas que realmente conseguem esclarecer essas questões.

Uma das dúvidas mais comuns é sobre a sexualidade do casal. Afinal, é possível praticar sexo durante a gravidez? O que pode? O que não pode? Faz algum mal pro bebê? Será que tem alguma restrição?

Geralmente no início da gestação a futura mamãe é surpreendida por náuseas, cansaço e outras sensações que são provocadas pela carga extra de hormônios que são lançados no corpo da mulher durante esse período. Essas sensações costumam diminuir a libido da mulher durante os três primeiros meses.

A partir desse período muitas meninas relatam um aumento da libido, embora a preocupação com o bem estar do filhote aumente junto com o tamanho da barriga.

Aí vem a pergunta fundamental. Será que a penetração pode causar algum mal para meu baby?

Segundo os especialistas não. A criança está protegida dentro do “saco gestacional”, uma espécie de bolsa que envolve o bebê e o líquido amniótico, e não sofrerá qualquer mal estar. Muito pelo contrário, você já ouviu aquela história que o bebê sente tudo o que a mamãe sente? Então, com a autoestima e a alegria da mamãe lá em cima, o seu filhote só ganha em bem estar e saúde.

Nesse ponto, a participação do papai é fundamental. Tanto para elevar a autoestima da companheira como para dividir esse momento tão especial para a vida do casal. Cumplicidade e carinho é tudo de bom!

No ultimo trimestre de gravidez a gangorra de hormônios volta a incomodar a mamãe e a libido tende a diminuir novamente, assim como o incomodo com a barriga cada vez maior.

Mas se há desejo do casal o ato sexual ainda é indicado. Ele aumenta a confiança da mãe, a intimidade do casal e também fortalece a musculatura pélvica, facilitando assim o trabalho de parto.

Só é preciso estar atenta à dilatação do útero, que costuma ocorrer por volta da 38ª semana de gestação. Nesse período é recomendável evitar as relações sexuais, mas nunca suspender o carinho entre o casal que está prestes a se tornar papai e mamãe.

A relação sexual só traz benefícios, mas pode ser proibida ou restrita em algumas situações. Como nos casos onde ocorrem sangramentos durante a gravidez, descolamento de placenta, perda de líquido amniótico ou qualquer outro risco para a mamãe ou para o bebê. Na dúvida pergunte ao seu médico.

Nesse período não podem haver dúvidas sobre a saúde do seu filhote, muito menos sobre a felicidade do casal. 😉

Fiquem conosco e aproveitem as dicas do nosso cantinho.

Bjokas ♥

Anúncios